Social Icons

terça-feira

Família recebe corpo errado para velório no RN; 'constrangimento', diz sobrinha

Sede do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte, em Natal (Foto: Divulgação/Itep)Caso aconteceu em Tenente Ananias, na região Oeste potiguar, onde homem seria sepultado nesta segunda-feira (21). Erro foi percebido após viagem de 400 quilômetros.
A gente não quer falar sobre isso, quer tentar esquecer. Foi algo muito constrangedor. Está todo mundo abalado". A fala é da sobrinha de um homem que morreu no último domingo (20) no Rio Grande do Norte. O que já era um pesadelo para a família da cidade de Tenente Ananias, na região Oeste potiguar, ficou ainda pior. O corpo que chegou para o velório no município localizado a 413 quilômetros de Natal não era o do parente.
O caso logo ficou conhecido no município. Todas as pessoas com quem o G1conversou nesta terça-feira (22) já sabiam da história. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) também reconheceu o erro e afirmou que já está investigando as responsabilidades de servidores ou do próprio sistema usado na liberação dos corpos. "Muito provavelmente foi falha humana", disse o diretor Marcos Brandão.
Segundo a Secretaria de Assistência Social de Tenente Ananias, a morte do homem aconteceu no domingo. Após identificação na sede do Itep, na capital potiguar, um corpo foi liberado para a funerária contratada pela família e chegou ao município por volta das 5h da segunda-feira (21), após ser transportado por mais de 400 quilômetros. Na hora do velório, porém, eles perceberam que não se tratava do parente deles.
Depois de identificado o problema, foi preciso transportar o corpo errado de volta para Natal. E o corpo certo só chegou à cidade do Oeste por volta das 2h desta terça-feira (22), sendo sepultado no início da manhã.
"Constrangida" a família disse que preferia não dar entrevista e que quer apenas esquecer a situação, por enquanto.

Investigação
Segundo o diretor do Itep, Marcos Brandão, um servidor que seria responsável pela liberação do corpo já foi identificado e passará por investigação. Para ele, a grande possibilidade é que o erro tenha acontecido por falha humana.
"Fiquei surpreso com isso", afirmou o diretor. De acordo com ele, o órgão implantou o NIC - número de identificação de cadáver - em agosto de 2017, justamente para evitar casos como esse. No novo sistema, o corpo é identificado por um número cadastrado em uma guia e em uma presilha colocada no tornozelo ou no braço, assim que ele chega ao Itep. Essa presilha é lacrada.
"O número também fica cadastrado no sistema e o corpo só pode ser liberado após uma conferência. É o procedimento padrão, que provavelmente não foi seguido", disse. Ele também afirmou que existe recomendação para que as famílias acompanhem a liberação, o que não aconteceu neste caso, provavelmente pela distância entre Natal e a cidade.
Segundo Marcos Brandão, o Itep identificou o erro antes mesmo de o corpo chegar a Tenente Ananias, quando servidores perceberam que o corpo cujo NIC constava como liberado permanecia no prédio da medicina legal. Mas o carro da funerária já estava na estrada.
Marcos Brandão ainda considerou que desde agosto o órgão liberou mais de 3 mil cadáveres e esse foi o primeiro erro registrado. De acordo com ele, a corregedoria da Secretaria de Segurança Pública vai apurar se o erro foi cometido pelo servidor, ou pelo sistema e o que teria provocado isso. "Esse erro está sendo auditado e haverá responsabilização", destacou.

Fonte: G1

Foragido da Justiça da Comarca de Apodi é preso pela Divipoe em Mossoró/RN

WhatsApp%2BImage%2B2018-05-22%2Bat%2B13.44.58
Um foragido da Justiça da Comarca de cidade de Apodi região oeste do estado, foi preso no início da tarde de hoje terça-feira 22/05 em Mossoró.
Policiais da Delegacia de Divisão de Policia do Oeste (DIVIPOE) sob o comando do Delegado Dr. Renato Oliveira, receberam informações da existência de um foragido da Justiças nas imediações do Pirrichil.
Os Policiais depois muito trabalho na região a equipe chegou até a pessoa de Iranildo de Souza Oliveira, mais conhecido por Queixinho de Apodi, contra o mesmo existia um mandato de Prisão em Aberto, Queixinho também é acusado da dupla tentativa de homicídio ocorrido em Apodi no inicio deste mês em uma Bar "Cabaré" Relembre.
No momento da prisão de Queixinho hoje no Pirrichil o mesmo estava em Poder de uma Pistola .45, Tempos atrás o mesmo também foi Preso em Apodi com uma Pistola 635, como o Mandato de Prisão é da comarca da cidade de Apodi, Queixinho deverá cumpre sua Pena no CDP de Apodi.

Fonte: Santana Notícias

Tenente Ananias RN: Jovem comete suicídio na manhã desta terça-feira (22)

Um jovem conhecido por "Paulinho", 27 anos, tirou a própria vida na manha desta terça-feira, em sua residência, na cidade de Tenente Ananias, região do Alto Oeste Potiguar. Até o presente momento, não há informação o que levara a este a jovem se matar. Lamentável.

Fonte: O Vieirense em Foco

Barragem Armando Ribeiro Gonçalves está com mais de 700 milhões de metros cúbicos

Embora não tenhamos postado mais com tanta frequência informações acerca do quadro atual da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves temos acompanhado diariamente a sua evolução. 
A média de elevação da sua lâmina de água tem sido de um centímetro. Seu volume hídrico é 709 milhões de metros cúbicos o que corresponde a um índice de 29,57% da sua capacidade total de armazenamento. 
Desde o dia 12 de fevereiro até este, 22 de maio a sua elevação foi de 07 metros e 39 centímetros segundo informação do DNOCS. Para sangrar ainda é necessário elevar a sua cota em 13 metros e 16 centímetros.

Fonte: Assu todo dia

Aberta as inscrições para o casamento comunitário no Apodi

Estão abertas até o dia 1º de junho as inscrições para o casamento comunitário em nossa cidade. Elas podem ser feitas no 2º Ofício de Notas, na rua Fel. João de Brito, 28B - Centro. É necessário levar os seguintes documentos:

- Comprovante de Residência
- Certidões de nascimento
- Xerox das identidades
- Carteira Profissional
- Duas testemunhas por casal
A documentação para triagem deve ser apresentada a Secretaria do Trabalho e Assistência Social na rua Nonato Mota, nº 94 - Bairro das Malvinas. O casamento será gratuito para aqueles que ganham até dois salários mínimos ou está desempregado.

Mais informações:
2º Ofício de Notas: 3333-2565
Secretaria do Trabalho e Assistência Social: 3333-3609

Fonte: Josenias Freitas

Prefeitura de Francisco Dantas não faz sua parte e agricultores dicam sem o Garantia Safra

Os agricultores de Francisco Dantas especificadamente 124 agricultores que aderiram ao programa garantia Safra 2016-2017 não irão receber as 5 parcelas no valor de R$ 170,00 reais totalizando R$ 850,00 por agricultor referente à perda de sua Safra pela falta de pagamento por parte da Prefeitura Municipal de Francisco Dantas em relação ao aporte financeiro não efetivado conforme informou a coordenação do programa.
Vale ressaltar que o atual vice-prefeito é atual Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e mesmo assim não foi feito esforços por parte do mesmo para que fosse feito o devido pagamento de aporte “contrapartida” parque da prefeitura.
A prefeitura teria que ter pago o valor do aporte de R$ 6.324,00 referente os 124 agricultores, sendo ainda se desejado dividido em até cinco vezes, mesmo assim não foi feito o pagamento e os agricultores saíram no prejuízo.

Os Agricultores
A contribuição financeira (aporte) dos agricultores ao Fundo Garantia-Safra (FGS) é fixada a cada ano pelo Comitê Gestor do GS. Para os agricultores, o valor do aporte é igual a R$17,00, correspondente a 2% do valor do Benefício Garantia-Safra que é igual a R$ 850,00. O pagamento é feito mediante a boleto bancário emitido pelas prefeituras.
Após a adesão dos agricultores familiares ao GS, são calculados os valores das contribuições financeiras ao FGS que deverão ser feitas pelos estados e municípios que participam do Programa.

A Prefeitura
A prefeitura municipal também aporta ao FGS um percentual do valor do Benefício Garantia-Safra para cada agricultor aderido ao GS no município, correspondente a 6%. Na Safra 2016/2017, a prefeitura municipal aderida ao Garantia-Safra contribui com R$51,00 por agricultor aderido. O valor total da contribuição financeira da prefeitura municipal é calculado em função da quantidade de adesões ocorridas no município.

Estado
O valor total da contribuição financeira dos estados ao Fundo Garantia-Safra também é proporcional à quantidade de adesões ocorridas.
O estado aderido ao GS aporta ao Fundo Garantia-Safra 12% do valor do Benefício Garantia-Safra por cada agricultor aderido. Como na Safra 2017/2018 o valor do Benefício é de R$ 850,00, o estado aderido ao Garantia-Safra contribui com R$ 102,00 por agricultor aderido.
De acordo com a Resolução nº 03, de 2 de janeiro de 2013, os aportes financeiros estaduais ao Fundo Garantia-Safra devem ser efetuados em, no máximo, 5 (cinco) parcelas.

Fonte: Blog O Cobra

Medo de facções faz testemunha desistir de depor e bandidos são soltos em Natal


“Não há ordem sem justiça”, afirmou o pensador Albert Camus. Mas o que fazer quando a justiça se torna paralela e toma o controle total dos cidadãos? Assim as facções que controlam o crime na capital do estado seguem fazendo vítimas, que calam seu grito e seguem a mercê da criminalidade.
O caso desta segunda-feira (21) retrata o controle que elas detêm sobre as comunidades nas periferias de Natal. Na manhã de hoje três homens foram presos ao tentar roubar passageiros de um ônibus. Durante o crime, um deles conseguiu subtrair o celular de uma mulher de dentro de sua bolsa, mas a mulher, aos gritos, conseguiu reaver o seu pertence, e o criminoso terminou preso pela Polícia Militar (PM) junto de seus comparsas.
A história que deveria terminar com a justiça sendo feita, terminou com embaraço para as forças policiais, pois a vítima do roubo optou por não testemunhar contra os bandidos, pois era moradora do bairro de Mãe Luiza, na zona Leste, que é tomada por uma destas facções.
Segundo informações de testemunhas ela firmou que “não iria para a delegacia, pois morava em Mãe Luiza e temia o julgamento dos criminosos que chefiam o morro”.
E desta forma, sem a testemunha, não se configuraria o flagrante do fato e o trio fica livre para continuar praticando seus delitos em outros coletivos de Natal.
Funcionários da empresa lamentaram o fato e, juntamente com as testemunhas, só tiveram como opção retornar ao seu cotidiano. “Ficamos à espera de novos ataques, e a Justiça permanece de mãos atadas enquanto a criminalidade faz a farra”, disse uma testemunha.

Fonte: O Natalense

Criminosos invadem escola e roubam 40 quilos de carne em Mossoró-RN


Criminosos invadiram uma escola pública de Mossoró, na região Oeste potiguar, e roubaram 40 quilos de carne que seriam usados na merenda dos estudantes. O caso aconteceu na madrugada do sábado (19) e só foi percebido à tarde, quando o prédio foi aberto para a realização de um evento religioso. A ação foi registrada pelas câmeras de vigilância da instituição.
O caso aconteceu na Escola Estadual Aila Ramalho Cortez Pereira, que já foi alvo de bandidos quatro vezes, desde o ano passado. Em março, um homem armado fez um arrastão e levou celulares e outros bens de estudantes e funcionários da instituição.
Oito minutos de filmagens foram entregues para a Polícia Civil para ajudar nas investigações. As imagens mostram o primeiro criminosos entrando na cozinha sem camisa, mas com rosto coberto. Ele vai para o canto da cozinha e sai levando um botijão de gás. Outro homem aparece em seguida, de cara limpa.
Um deles abre o freezer e os dois começam a roubar a carne da merenda. Segundo a direção da escola, foram levados cerca de 40 quilos de carne. Minutos depois, eles ainda tentam entrar na dispensa, onde estão os mantimentos, mas a porta está trancada. Eles percebem que a câmera está ligada e deligam o equipamento.
De acordo com a diretora Hévila Cruz, as compras da semana tinham sido feitas na sexta-feira (18). A carne roubada seria usada na merenda dos 300 alunos da instituição, que funciona em horário integral, e era suficiente para dois dias. Ainda conforme a direção, os criminosos não levaram o botijão de gás.
Em todas as quatro vezes em que a escola foi invadida, desde o ano passado, o alvo foi a cozinha. Parte da estrutura foi danificada pelos invasores. Para reforçar a segurança, a escola instalou câmeras e grades em todas as portas e janelas, mas isso não inibiu a ação dos criminosos.
Dessa vez, eles entraram pelo telhado de uma galeria que fica na lateral da cozinha e tiveram acesso pelo forro. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão e será encaminhado para a Delegacia de Furtos e Roubos do município.

Fonte: G1

Violência deixa mais um "banho de sangue" no Ceará neste fim de semana, com 52 pessoas assassinadas

A violência armada dominou o Ceará no fim de semana. Um banho de sangue deixou 52 mortos em todo o estado durante apenas 72 horas, entre a manhã da sexta-feira (18) e ao noite do domingo (20). Conforme o registro das autoridades da Segurança Pública, foram praticados 17 homicídios em Fortaleza, 15 na Região Metropolitana, 14 no Interior Norte e mais seis no Interior Sul. Além disso, várias pessoas acabaram baleadas e estão hospitalizadas. Com os registro do período, o Ceará já acumula neste ano, 1.963 homicídios.
Em Fortaleza, os 17 assassinatos do fim de semana aconteceram nos seguintes bairros: Bom Jardim (2), Parangaba (2), Messejana (2), Vila Velha, Pedras, Mondubim, Praia do Futuro, Jangurussu (Conjunto Maria Tomázia), Conjunto Esperança, Barra do Ceará, Jacarecanga, Bonsucesso, Moura Brasil e Praia de Iracema.
Na Região Metropolitana da Capital, a Polícia fez o registro de 15 homicídios nos seguintes Municípios: Caucaia (6 casos), Maranguape (3), Horizonte (2), Maracanaú (2), Aquiraz e Cascavel

Sertão violento
No Interior Norte, foram mais 14 crimes de morte, nos Municípios a seguir: Massapê (2 casos), São Benedito (2), Pentecoste, Itarema, Capistrano, Trairi, Caridade, Canindé, Barreira, Acarape, Tianguá e Sobral.
Já no Interior Sul foi registra a menor taxa de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs), no fim de semana, com o registro de seis casos, nos seguintes Municípios: Piquet Carneiro (2 casos), Iguatu, Pedra Branca, Quixeramobim e Jucás.
O dia mais violento do período foi o domingo, com 25 homicídios, sendo 10 na Capital, oito na região Metropolitana de Fortaleza e sete no Interior Norte, sem nenhum registro no Interior Sul.

Fonte: Fernando Ribeiro

segunda-feira

No RN, morre o delegado Maurílio Pinto

Delegado aposentado Maurílio Pinto de Medeiros morre no RN  (Foto: Canindé Soares)
Morreu na noite deste sábado (19), em Natal, o delegado aposentado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Maurílio Pinto de Medeiros, de 76 anos. Ele estava internado na Casa de Saúde São Lucas e lutava contra complicações provocadas pela diabetes, sofreu amputações para conter uma infecção, mas não resistiu.
Maurílio Pinto se aposentou em 2011 após 47 anos de serviços prestados ao Estado. Ele foi chefe da Polícia Civil por duas décadas e ainda atuou em funções de subsecretaria e secretaria adjunta de Segurança Pública.
O velório começou por volta das 6h deste domingo e deve continuar até 15h no Centro de Velório da rua São José, onde haverá uma missa. O corpo segue para o sepultamento às 16h no Cemitério Morada da Paz de Emaús, em Parnamirim, região metropolitana da capital.
“Todo o Rio Grande do Norte de luto pela perda irreparável do Dr. Maurílio Pinto de Medeiros. Governo do Estado e Polícia Civil prestam suas homenagens ao homem público e profissional competente, exemplo para as nossas polícias.”, publicou o governo do estado em um perfil oficial nas redes sociais.
Também nos seus perfis, o governador Robinson Faria (PSD) agradeceu a atuação de Maurílio Pinto e informou que vai decretar luto oficial de três dias. 

Fonte: G1

Alexandriense é assassinado em vaquejada na Paraíba

Ocorreu na cidade de Santa Cruz, no sertão paraibano.
Na noite de ontem, por volta das 23h, após discussão, que resultou em tiroteio, tombou sem vida, o popular Alisson Rodrigues de Oliveira, 28 anos, conhecido por "Cafifa".
O homem morava no sítio Maniçoba, no município de Alexandria, no Oeste potiguar.
A vaquejada estava sendo realizada no sítio Pitombeira, na zona rural de Santa Cruz, cidade localizada no sertão da Paraíba.
O acusado empreendeu fuga. A polícia militar isolou a área do crime, enquanto a equipe pericial chegava. Em seguida, o corpo foi removido para o NUMOL da cidade de Patos

Fonte: RN Política em Dia

Polícia cruza versões e ouve testemunhas em caso de suposto assédio sexual em hospital de Macau

As investigações sobre um suposto caso de assédio sexual envolvendo um médico e uma paciente, na semana passada em um hospital de Macau, estão na fase de cruzamento de versões, análises de filmagens de câmeras e de depoimento de testemunhas. 
As versões tanto da paciente, quanto do médico, entre outras pessoas também ouvidas, são totalmente divergentes, segundo o delegado Thiago Batista, em contato com a imprensa.
O caso sacudiu as redes sociais durante toda a semana, após uma mulher que foi atendida pelo médico Gastone Camilo, sair espalhando que sofreu abuso. A primeira versão é que ela passou mal ao sair do velório de um parente e ao ser atendida havia sido surpreendida pelo médico, que segundo ela, teria lhe apalpado maldosamente seus seios enquanto ela estava desmaiada.
Após o fato ser propagado, o médico escreveu uma nota sobre sua versão, antecipando que vai processar a paciente por calúnia e difamação:
Trabalho idoneamente em Macau há 3 anos, sou casado e pai de 2 crianças pequenas. Após cerca de 70 atendimentos, atendo uma mulher afirmando dor torácica. Pedi pra paciente se deitar pra fazer a ausculta cardíaca. Mas a paciente foi logo tirando a camisa e disse estar sentindo dor em mamas (a versão pode ser confirmada com os próprios parentes) e que já há 3 meses vinha sentindo inclusive fez avaliação ginecológica em Macau. Fiz a ausculta: taquicárdica; e inspeção e exame clínico das mesmas. Paciente em decúbito dorsal com cabeça apoiada nas mãos. No sentido horário, rapidamente, em torno de 2 minutos, palpei ambas as mamas (para investigar cisto ou nodulações) por quadrante e nada constatei. Mesmo assim a mediquei com analgésicos e ansiolíticos, pois a paciente referiu dor à palpação. Fui almoçar. Antes de retornar os atendimentos a enfermeira me diz que a paciente está me acusando de abuso sexual (estupro) e os parentes ameaçando de me matar. 
Não toquei de forma maliciosa em alguém que me acusa sem prova alguma. Se estava sentindo -se desconfortável com qualquer ato, pq não se recusou ou negou ou interrompeu o exame físico? Porque não se queixou a mim de nada no ambiente do consultório? 
Foi até a delegacia e prestou queixa alegando estupro. Ao lá chegar encontro um parente (cunhado) que reafirmou a queixa de dor em mamas e que estavam nervosos de luto pela perda de um parente (palavras dele). O mesmo foi extremamente agressivo comigo e com minha esposa. 
Eu sei que Deus viu e tenho a minha consciência limpa de que nada fiz. 
Na verdade eu errei, porque examinei sem outras pessoas presentes e aí ela pode dizer o que quiser ou me acusar do que bem entender pras pessoas verem e ouvirem. Hoje, pra falar a verdade eu estava muito feliz e satisfeito porque após muito tempo havia voltado a trabalhar com satisfação no hospital de Macau. E aparece gente desse tipo (agente escuta os comentários sobre os pacientes de Macau e tenta relevar) e todos são ouvido e acreditam. Não veio ninguém do hospital sequer perguntar a minha versão, com exceção da enfermeira Rafaela, profissional exemplar, que veio me comunicar. 
Envio essa mensagem apenas à Luciana, Weberth e meu advogado (porque vou sim me defender e processar por calúnia) que foi quem confiaram em mim e espero sinceramente que continuem depositando a sua confiança. Pra Deus eu juro por meus filhos que nada aconteceu porque eu nada fiz.

Obrigado por tudo.
Fiquem com Deus.

A outra parte
O MOSSORÓ AGORA procurou entrar em contato com  a paciente, mas não obteve êxito.
Em caso de confirmação da inocência do médico, a mulher e as pessoas que espalharam o assunto poderão responder judicialmente por calúnia, difamação e comunicação falsa de crime, sujeitos a penas que variam de seis meses a quatro anos de prisão.
Já o médico, em caso de não conseguir provar a inocência e se for condenado, poderá responder por violação sexual e estupro, com pena que poderá chegar a 16 anos de prisão.

Fonte: Mossoró Agora

PM e IBAMA desarticulam campeonato de caça na região Seridó potiguar

Ação foi realizada neste domingo (20) pela Companhia Independente de Proteção Ambiental (CIPAM) entre as cidades de Currais Novos e São Vicente. Pelo menos 27 pessoas foram presas.
Uma operação realizada por policiais militares da Companhia Independente de Proteção Ambiental (CIPAM) desarticulou um campeonato de caça neste domingo (20) na região Seridó potiguar. A 'Operação Pódio' foi deflagrada entre as cidades de Currais Novos e São Vicente. Pelo menos 27 caçadores foram presos.
Ainda de acordo com a CIPAM, participaram da operação equipes da Polícia Ambiental de Caicó e Natal, PMs de Currais Novos e equipes do IBAMA.
Foram apreendidos quatro tatus verdadeiros e sete tatus-peba, além de dezenas de armadilhas, 18 veículos, armas e cachorros.

Fonte: G1

sexta-feira

Padre Charles Lamartine, sofre acidente de trânsito, mas passa bem


No início da noite desta sexta-feira, 18, o diretor do Colégio Diocesano, Pe Charles Lamartine, envolveu -se num acidente de trânsito, na BR 304, após o posto da Polícia Rodoviária Federal.
De acordo com informações do Vigário-Geral da Diocese de Mossoró, Padre Flávio Augusto Forte Melo, Padre Charles está consciente e teve escoriações leves.

Via redes sociais

Severiano Melo na luta contra o abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

A imagem pode conter: 1 pessoa, multidão e atividades ao ar livreNeste dia de mobilização nacional, diversos setores municipais passearam pelas ruas da cidades levando mensagens de enfrentamento contra o abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.
Também houve apresentações musicais e de dança por parte dos usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e de estudantes da Rede Municipal de Ensino.
Severiano Melo na luta contra o abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes e rumo a conquista do bi do Selo Unicef.
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 6 pessoas, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 25 pessoas, pessoas sentadas

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, multidão e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 15 pessoas, pessoas sentadas

A imagem pode conter: 25 pessoas, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas no palco, pessoas em pé e sapatos

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, multidão e atividades ao ar livre

Da Assessoria

Oito suspeitos da morte do Capitão Oliveira morrem em confronto com a PM de Sergipe


Na madrugada desta sexta-feira (18), três pessoas foram presas e outras oito morreram em confronto com a Polícia Civil de Sergipe na Operação Rubicão deflagrada para prender os suspeitos de envolvimento na morte do Capitão Manoel Oliveira, executado a tiros dentro de um veículo em uma estrada do município de Porto da Folha (SE) no dia 4 de abril. A operação ocorre nos estados de Sergipe e Bahia.
De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a ação foi coordenada pelo Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), que se baseou nas informações checadas através do número 181 e investigação policial. Dos oito mortos, que segundo a polícia reagiram a prisão, dois foram no Bairro Santa Maria, em Aracaju (SE), dois em Poço Redondo (SE), um em Paulo Afonso (BA), dois em Barreiras (BA) e mais um no município de Luíz Eduardo Magalhães (BA).
Ainda segundo a SSP, a ação contra o comandante da Caatinga mantém relação com um trabalho contra a pistolagem na Região Norte da Bahia e Alto Sertão de Sergipe. “A operação aconteceu em setembro de 2017 e prendeu um trio relacionado com o crime de pistolagem na Bahia, Sergipe e Alagoas e tinha como foco em Pedro Alexandre, na Bahia”, diz a nota.
A Delegada Geral da Polícia Civil, Katarina Feitoza, disse que um dos mortos, Antônio Brás, tem relação com a morte do deputado estadual Joaldo Barbosa, ‘Nêgo da Farmácia’, em 27 de janeiro de 2003. “Antônio Bras é um dos participantes da quadrilha. Foram cumpridos 10 mandados de prisão em Sergipe e Bahia. Oito desses suspeitos ousaram reagir, e como a gente já esperava, porque são uma quadrilha altamente organizada e armada, reagiram e entraram em confronto com os policiais”, conta.
A polícia também acredita que o grupo tenha envolvimento com as mortes do presidente da Câmara Municipal de Carira, Jailton Martins, um vereador de Poço Redondo e um ex-prefeito do município de Pedro Alexandre, na Bahia. “Eram pessoas muito perigosas e todas identificadas. A operação continua e haverá desdobramentos em todo o final de semana, possivelmente na próxima segunda-feira”, disse o assessor de comunicação da SSP, Lucas Rosário.
A ação contou com auxílio da Polícia da Bahia onde foram presos três envolvidos, que vão ser conduzidos ao Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), em Aracaju.

Operação Rubicão
A SSP explicou que o nome da operação faz referência a um rio italiano que não poderia ser atravessado pelas tropas romanas por conta de uma lei, mas, ao ser afrontado, Júlio César decide fazê-lo e sua ação culmina numa guerra civil. A expressão “atravessar o Rubicão” significa a tomada de uma decisão perigosa, pensar grande, ou ainda, ultrapassar fronteiras, defrontando-se com um caminho duvidoso e potencialmente perigoso.

O crime
O comandante do Pelotão da Companhia Especializada em Operações Policiais em Área de Caatinga (Ceopac), capitão Manoel Oliveira, foi executado a tiros na noite do dia 4 de abril dentro de um veículo em uma estrada do município de Porto da Folha (SE), Alto Sertão do Estado.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), homens armados, em dois veículos Corolla, abordaram o oficial da PM e efetuaram vários disparos, próximo ao local onde fica a sede da unidade da Policia Militar.
O capitão Oliveira tinha 42 anos e fundou o Pelotão da Caatinga em 2008. Essa unidade da polícia atuava no alto e no Baixo Sertão do Estado combatendo todo tipo de crime.

Fonte: O Cobra

Jovem é morto com dois tiros de doze dentro de sua residência em Umarizal/RN

907cc931-8583-4436-b29c-d6bd0b48fd10
Dois estampidos de espingarda calibre 12 e Umarizal teve seu primeiro homicídio do ano de 2018.
O jovem Alexsandro Gomes da Silva, 29 anos de idade, conhecido popularmente por "Alex panda" morador do conjunto Cohab, nesta cidade de Umarizal, alto oeste potiguar, foi alvejado com dois disparos de espingarda calibre 12 dentro de sua residência localizada na Rua São Benedito, e teve morte instantânea.
Segundo uma testemunha que reside próximo, Alex panda ainda gritou "você vai me matar?" e em seguida ouviu-se os estampidos. Algumas pessoas disseram ter ouvido quatro tiros, mas no corpo da vítima só havia duas perfurações de grosso calibre, uma próxima do peito esquerdo e outra nas costas, que pode ter sido o tiro de misericórdia. "Ele ainda tentou fugir dos algozes mas foi alcançado e morto na cozinha" Disse um policial.
2c632a43-70be-4e55-93b5-92b4e87c9d3bSegundo informações policiais, Alex panda era envolvido com drogas e como se intitulava o rei do downloads, tinha conluio com ladrões de celulares os quais ele fazia a formatação imediata impedindo assim o rastreamento dos aparelhos.
As investigações ficarão a cargo da equipe da Polícia Civil, sob o comando do Delegado Paulo Nilo.

Fonte: Santana Notícias

Polícia Civil do RN realiza operação e cumpre mandados de busca em 4 cidades, entre elas, Pau dos Ferros

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte cumpre mandados de busca e apreensão nas cidades de Pau dos Ferros, Mossoró, Natal e Icapui/CE, na manhã desta sexta-feira (18). A ação faz parte de uma força tarefa formada pelas equipes da delegacia regional e municipal de Pau dos Ferros, delegacia regional de Mossoró, DEICOR e delegacia municipal de Icapui/CE, que investiga um grupo de empresários do ramo imobiliário que são suspeitos de terem, no ano de 2011, realizado o lançamento de um Condomínio Club em Pau dos Ferros, o VILLAGE BOULEVARD, e após venderem centenas de lotes abandonaram as obras e foram embora da cidade.
Conforme a PC, o grupo vendeu mais de 200 lotes e arrecadou aproximadamente 6 milhões de reais para realizar uma obra que estava orçada em pouco mais de 7 milhões. Pouco mais de 20% das obras foram realizadas e o único escritório do empreendimento na cidade foi fechado e os administradores foram embora deixando para trás dezenas de famílias prejudicadas que sonhavam em construir suas casas naquele que seria o primeiro Condomínio Club da cidade.

O grupo de empresários é formado por NICASSIO FRANCISCO DE ASSIS, THIAGO LOPES MOREIRA, NODJE FRANCISCO DIÓGENES, LAIANA KAREN DANTAS BARRETO e o sócio administrador ARIKEME VIANA VIANA BARRETO. Além do empreendimento VILLAGE BOULEVARD PAU DOS FERROS, que está sendo investigado, o grupo possui o HOTEL CASA DO MAR em Icapuí/CE, o LOTEAMENTO DIVINÓPOLIS em Umarizal/RN e o VILLAGE BOULEVARD em MACAÍBA, que estão com as obras paralisadas e na mesma situação do empreendimento de Pau dos Ferros/RN.
Nas buscas realizadas pela polícia na casa dos investigados foram apreendidas caixas de documentos, carros, jóias e aparelhos eletrônicos que serão analisados durante a investigação.
Segundo o delegado regional de Pau dos Ferros, o Dr. Inácio Rodrigues, “os indícios apontam para uma organização criminosa que se instalou em Pau dos Ferros em 2011 com objetivo de enganar centenas de pessoas com a falsa promessa de construir um Condomínio Club em 3 anos”.
A operação policial foi batizada de HESTIA em referência a uma das 12 Deusas detentora da chave do Monte Olimpo, sendo a personificação da moradia estável, protetora da família, da moradia e da cidade.

Fonte: PCRN.

Faleceu na manhã de hoje 18, padre Raimundo Osvaldo Rocha


Na manhã desta sexta-feira (18) faleceu o reverendíssimo Sr. Padre Raimundo Osvaldo Rocha, aos 91 anos de idade, no Hospital Santa Terezinha, na cidade de Sousa/PB.
Verdadeiramente, o município de Luís Gomes está de luto, por uma perda irreparável, por um adeus de um homem que amou e se doou intensamente, sem medida, sem descanso, fiel cumpridor de sua missão.
Uma vida guiada pelos desígnios de Deus, um coração generoso, um olhar especial para os menos favorecidos, uma existência de amor e compaixão ao próximo. De sua coragem e idealismo elevou o município de Luís Gomes ao mais auspicioso e próspero processo de crescimento. Fez a cidade pulsar a modernidade, a fraternidade e o desenvolvimento como nunca ninguém o fizera.
Depois de tantas coisas lindas realizadas, depois de mais de 60 anos de dedicação sacerdotal na Serra de Sant’Ana, depois de tantas obras em favor do povo, depois de tanto carinho e respeito, depois de cada gesto afetuoso, agora tem a serenidade merecida, no aconchego amoroso do Pai Celestial. Sua liderança, obstinação, carisma e fé o transformaram num ícone, uma referência infindável na crônica desta comunidade, uma história que jamais será esquecida, que jamais será apagada.
Essas breves e simples palavras pouco dizem ou representam a epopeia de vida desse herói que em sua jornada se tornou um semeador de paz, amor e fraternidade. Certamente, a grandeza de Deus e o amor do Pai abençoaram enormemente este homem que não baixou a cabeça para pessimismos e dificuldades da caminhada. Padre Osvaldo, ante hominem suum!
Padre Raimundo Osvaldo Rocha 

Fonte :Portal de Luis Gomes.

Ação conjunta das policias de Taboleiro Grande e São Francisco do Oeste

Militares das cidades de São Francisco do Oeste em conjunto com o destacamento de Tabuleiro Grande unidos em operação comandada pelo Sargento Rezende, visando coibir circulação de foragidos da Justiça ou envolvido com algum tipo de delito, porte ilegal de arma de fogo, trafico de drogas, circulação de veículos adulterados.
A operação foi realizada na manhã de ontem, 17 de maio, na BR 405, nos municípios de Pau dos Ferros, Taboleiro Grande e nas rodovias de acesso ao estado do Ceara.
A operação é preventiva e segundo informações transcorreu dentro da tranquilidade. Ninguém foi autuado ou algo apreendido.

Fonte: O Cobra

Mulher é vítima de sequestro relâmpago na Zona Sul de Natal; adolescentes de 15 e 16 anos são apreendidos

Crime aconteceu na noite desta quinta-feira (17). Adolescentes ainda trocaram tiros com a PM. Um deles foi ferido e socorrido. Vítima ficou 30 minutos como refém.
Dois adolescentes, um de 15 e outro de 16 anos, foram apreendidos após trocarem tiros com a polícia na noite desta quinta-feira (17) no bairro Guarapes, na Zona Oeste de Natal. De acordo com a PM, a dupla é suspeita de um sequestro relâmpago. Uma mulher ficou meia hora como refém ao ter o carro roubado.
À polícia, a vítima disse que estava na Avenida Amintas Barros, no bairro Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal, quando foi abordada pelos assaltantes. Armados, eles a obrigaram a passar para o banco de trás do veículo. A mulher contou ainda que os criminosos pararam em um posto de combustíveis para abastecer o veículo, mas os frentistas não perceberam a ação.
Ela contou que ficou 30 minutos em poder dos assaltantes, e só foi libertada no Guarraapes, na Zona Oeste da capital. Um motorista que passava pelo local foi quem a socorreu.
A PM foi acionada e iniciou a perseguição. Após uma troca de tiros, os suspeitos foram detidos. Um deles foi baleado e levado para uma UPA antes de ser encaminhado à Delegacia de Plantão.

Fonte: G1

quinta-feira

Saiba quem tem direito a receber 25% a mais na aposentadoria

Trabalhador precisa passar por períciaAposentados por invalidez tem direito a acréscimo no valor do benefício em pago pelo INSS. Entenda quais os casos.
Os aposentados por invalidez que precisam de um cuidador ou de assistência permanente de outra pessoa têm direito a 25% a mais no valor do benefício pago pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).
A aposentadoria por invalidez é concedida para o trabalhador que não pode exercer nenhum tipo de atividade. O aposentado por invalidez que necessitar de assistência permanente de outra pessoa, nas condições previstas em lei, poderá ter direito a um acréscimo de 25% no valor de seu benefício, inclusive sobre o 13º salário como está no artigo 45 da Lei nº 8.213/1991.
E para conseguir esse acréscimo de valor é necessário efetuar o requerimento na agência do INSS, onde é mantido o benefício. Se o valor do benefício é, por exemplo, de R$ 2 mil, o beneficiário terá um aumento de R$ 500.
“Poucas pessoas conhecem esse benefício. É importante que ao pedir a aposentadoria por invalidez, o trabalhador já peça na agência esse acréscimo”, explica o advogado especialista em direito previdenciário, João Badari.
Após o pedido, o segurado passará por uma nova avaliação médico-pericial do INSS. “É importante levar atestados médicos comprovando a situação. Caso tenha recibos que comprovem que já tem um cuidador, vale levar”, orienta Badari.
Caso o direito seja negado após perícia é possível entrar com ação judicial. “Caso o beneficiário tenha se aposentado por invalidez e não tenha recebido os 25%, ele também pode pleitear os valores atrasados”. 
Segundo Badari, deve ser julgado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), em Brasília, a extensão desse acréscimo de 25% para beneficiários que venham a precisar de cuidadores. Não somente para aqueles aposentados por invalidez. “Mas ainda não temos expectativa ou uma data definida para essa votação. ”

Quais os casos que é possível pedir o acréscimo de 25%?

- Incapacidade permanente para as atividades diárias
- Doença que exija permanência contínua no leito
- Cegueira total
- Perda de nove ou dez dedos das mãos
- Paralisia dos dois membros superiores ou inferiores
- Perda dos membros inferiores, acima dos pés, quando a prótese for impossível
- Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível
- Perda de um membro superior e outro inferior, quando a prótese for impossível
- Alteração das faculdades mentais com grave perturbação
Caso o benefício seja cessado por óbito, o valor não será incorporado à pensão deixada aos dependentes.

Fonte: R7

Agricultor perde R$ 3 mil em golpe aplicado via telefone, em Felipe Guerra/RN

Um agricultor do município de Felipe Guerra/RN perdeu R$ 3 mil reais em um golpe que lhe foi aplicado via ligações telefônicas nesta quarta-feira (16).
A vítima, de 37 anos, cuja identidade será preservada, contou que, se passando por um sobrinho seu, que mora do estado do Ceará, o estelionatário ligou pedindo uma “ajuda financeira” para pagar um “serviço mecânico” que supostamente havia sido realizado e,m seu carro, que havia quebrado no meio da estrada. Acreditando na falsa história o agricultor se dirigiu a uma casa lotérica e realizou dois depósitos de R$ 1.500 reais cada, em contas bancárias informadas pelo estelionatário.
A vítima só se deu conta que se tratava de um golpe após identificar que o DDD do telefone do estelionatário era do estado de Goiás. Agora ele irá registrar um Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Apodi e informar o caso ao banco.

Golpes por telefone 
A prática criminosa é comum nos dias atuais e tem feito vítimas no Brasil inteiro. Geralmente as ligações partem de dentro de presídios. Apesar dos constantes alertas das autoridades, ainda há muitas pessoas desavisadas que acabam acreditando nas falsas histórias dos criminosos e amargando prejuízos financeiros.

Fonte: Mossoró Agora

Vídeo: Em Cruzeta-RN: Com bebê na garupa motoqueira atropela idosa


Um atropelamento foi registrado na tarde dessa quarta feira (16) na cidade de Cruzeta em frente ao supermercado Santa Edwirgens. Uma câmera de vigilância mostrou o momento exato do acidente que vitimou uma idosa.
Um bebê que estava na garupa da moto caiu juntamente com a piloto e a pessoa que a carregava, mas segundo um popular, o bebê saiu ileso e a idosa foi socorrida para o Hospital Abilio Chacon Filho com leves escoriações.

Fonte: Jair Sampaio

Aluna se apresenta de calcinha e sutiã após professora criticar sua roupa

Das 44 pessoas que estavam no teatro, 28 ficaram de roupa íntima em apoio à estudante
Letitia Chai estava praticando a apresentação de sua tese na Cornell University, em Nova York, quando sua professora, Rebekah Maggor, criticou a roupa que a estudante estava usando: uma camisa de botões e um shorts jeans. Segundo ela, Rebekah teria dito que o shorts de Letitia estava muito curto e que ela iria desviar a atenção dos homens de sua apresentação.
Após o comentário, um aluno da turma ainda disse que a palestrante tinha a “obrigação moral” com a audiência de mostrar menos pele, então Letitia deixou a sala de aula. De acordo com a estudante, a professora a seguiu e perguntou o que a mãe dela pensaria sobre a roupa que a filha estava usando. “Minha mãe é uma feminista e professora de gênero e sexualidade. Ela estaria bem com meu short”, Letitia respondeu.
A professora, então, perguntou o que Letitia iria fazer e a aluna declarou “que faria a melhor apresentação de sua vida”. Indignada, ela voltou para a sala de aula, tirou a camisa e o shorts e seguiu com a apresentação do trabalho de calcinha e sutiã. Ao jornal da faculdade, The Cornell Daily Sun, Letitia disse: “Eu não sou responsável pela atenção de ninguém, nós somos capazes de pensarmos por nós mesmos”.
Depois do episódio, Letitia transformou o ocorrido em um protesto e, através de uma publicação no Facebook, convidou mais pessoas a participarem com ela da apresentação final de sua tese. No dia, a aluna apareceu com o mesmo shorts e camisa de botões que causaram a discussão com a docente e convidou os membros da audiência a tirarem suas roupas. Das 44 pessoas que estavam no teatro, 28 ficaram de roupa íntima em apoio à estudante.
Em seu protesto, Letitia disse: “Eu sou mais que uma asiática. Eu sou mais que uma mulher. Eu sou mais que Letitia Chai. Eu sou um ser humano e peço para você dar esse salto de fé no nosso movimento e se juntar a mim para olhar um ao outro como nós verdadeiramente somos: membros da raça humana”.
De acordo com o The Sun, a professora Rebekah Maggor afirmou que não diz aos seus alunos como se vestirem e nem define quais vestimentas são apropriadas. “Eu peço para eles refletirem por si mesmos e tomarem as próprias decisões”, declarou. Ainda segundo a publicação, Letitia disse que sua intenção não era ir atrás da docente, mas levantar uma discussão sobre esse tipo de pensamento preconceituoso.

Fonte: Revista Capricho

Adolescentes de 14 anos é morta a tiros e casa incendiada na Grande Natal

 Juliana Marcelino de Oliveira tinha 14 anos  (Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi)Crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (17) em Ceará-Mirim. Um outro adolescente, de 17 anos, também foi baleado.
Uma adolescente foi morta a tiros na madrugada desta quinta-feira (17) dentro de uma casa na comunidade Baixa do Rato, em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. Um outro adolescente, de 17 anos, que também estava na residência, foi baleado e socorrido ao hospital. Por fim, os criminosos ainda incendiaram o imóvel. Ninguém foi preso.
Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 4h30, quando cinco homens invadiram a casa. Na residência estavam uma mulher com seus cinco filhos e mais um rapaz conhecido da família. Um dos filhos era Juliana Marcelino de Oliveira, de 14 anos.
Ainda de acordo com os policiais, os bandidos queriam saber onde estava o namorado de Juliana. Como não foi encontrado, começaram a atirar. Os disparos atingiram a garota, que morreu no local. Os tiros também acertaram o rapaz. Na fuga, os criminosos ainda atearam fogo na residência. A mãe os outros filhos não foram feridos. O adolescente que também foi baleado foi socorrido ao hospital, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

Outro homicídio
Mais cedo, por volta das 2h, a PM já havia registrado um outro homicídio na cidade. A vítima foi Aldemir Augusto dos Santos, de 29 anos. Os assassinos, segundo os policiais, invadiram a casa dele em busca de drogas e armas. 

Fonte: G1

Jovem morre vitima de afogamento no açude da Vila Cachoeira

Um jovem identificado por Francisco Washington Lopes de Queiroz de 20 anos de idade veio a óbito no final da manha desta quarta-feira (16) vitima de afogamento no açude público da Vila Cachoeira.
De acordo com informações por volta das 11h30mim o jovem estaria tomando banho no local quando em dado momento veio a mergulhar e não voltou mais à superfície.
Populares que residem próximo ao manancial e que estavam no local no momento do afogamento iniciaram as buscas de imediato, porém não conseguiram localizar o corpo do jovem.
Após o fato a polícia militar foi comunicada e de imediato acionou a equipe do Corpo de Bombeiros de Pau dos Ferros que juntamente com uma equipe de Mossoró realizou por mais de cinco horas as buscas ao corpo do jovem que só foi localizado já no final da tarde.
O corpo de Washington foi encaminhado para a unidade de Mossoró do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) onde será submetido aos exames necropsiais e em seguida será liberado para sepultamento.

Fonte: São Miguel News

7º BPM continua intensificando as ações de abordagens no alto oeste potiguar

Operação Madrugada Segura.

A Polícia Militar tem mantido o reforço de abordagens nas cidades que compõe a área do 7º BPM, através das operações “Madrugada Segura e Alto oeste Integrado” . Nesta quarta-feira(16), as operações aconteceram em Pau dos Ferros, São Miguel, Encanto e Dr. Severiano. 
A operação "Madrugada Segura" foi idealizada pelo CPI e "Alto Oeste Integrado" idealizada pelo Ten. Cel. Cavalcanti, ambas coordenadas pelo comandante do Batalhão, o oficial superior ressaltou que o 7º BPM tem o compromisso de promover a sensação de segurança e tranquilidade para a população das 35 cidades que compõem sua área de atuação.
Os comandantes desses destacamentos são orientados pelo comandante do Batalhão a intensificar o trabalho ostensivo e preventivo, garantindo os direitos constitucionais do cidadão, durante todas as ações policiais.










Fonte : Nosso Paraná RN

Justiça acata denúncia envolvendo políticos importantes do RN

Resultado de imagem para operação sinal fechadoO Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça Federal no Rio Grande do Norte os “não detentores de foro” envolvidos em parte do esquema de corrupção e lavagem de dinheiro que foi alvo da operação Sinal Fechado, deflagrada em 2011. Eles participaram dos atos de corrupção e lavagem de dinheiro cujo objetivo era manter um contrato de inspeção veicular ambiental no estado, obtido irregularmente através de licitação fraudada.
Contra os envolvidos que possuem foro por prerrogativa de função (o senador José Agripino Maia e a ex-governadora e atual prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini), a denúncia foi feita pela Procuradoria-Geral da República – por corrupção passiva e lavagem de dinheiro – e se encontra sob análise da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que irá decidir se a acata ou não.
A denúncia feita no Rio Grande do Norte, porém, já foi aceita pela Justiça e inclui dentre os réus o suplente de senador José Bezerra de Araújo Júnior, o “Ximbica”; o marido da ex-governadora Rosalba Ciarlini, Carlos Augusto de Sousa Rosado; o assessor parlamentar do ex-senador João Faustino, Antônio Marcos de Souza Lima; e o empresário George Anderson Olímpio da Silveira, que vem colaborando com as investigações.
Propina – Em 2010, José Agripino, Carlos Augusto Rosado e sua esposa e então senadora Rosalba Ciarlini (candidata ao governo), com a intermediação de João Faustino, teriam recebido R$ 1,15 milhão de George Olímpio para assegurar a manutenção do contrato de inspeção veicular celebrado entre o Consórcio Inspar e o estado.
A maior parte do dinheiro se destinou a pagar despesas da campanha de reeleição do senador e de Rosalba a governadora e nunca foi declarado na prestação de contas de ambos. De acordo com a denúncia, uma parcela menor foi depositada “de forma fracionada, sem identificação de origem” nas contas de Agripino (R$ 105,5 mil), Carlos Augusto (R$ 86,3 mil) e Rosalba (R$ 69,9 mil).
O MPF detalha que José Bezerra Júnior viabilizou – no papel de agiota – o empréstimo de R$ 300 mil usado como parte da propina paga ao grupo político por George Olímpio. Foram estipulados juros de 3% ao mês e o valor principal seria devolvido quando as inspeções começassem.
Antônio Marcos, por sua vez, sacou outra parcela da propina (R$ 190 mil) da conta de Marcílio Monte Carrilho de Oliveira. Este teria atuado como agiota e emprestado, ao todo, R$ 400 mil para o esquema, porém Marcílio Carrilho e o ex-senador João Faustino Ferreira Neto – que foram investigados e tiveram participação no caso indicada por vários elementos de prova – não foram denunciados porque já faleceram.
Inspeção – O Consórcio Inspar, de George Olímpio, venceu através de fraude a licitação da inspeção veicular ambiental e, mesmo diante das várias críticas e questionamentos feitos à época, tentou assegurar a manutenção e execução do contrato junto ao grupo de Agripino, Carlos Augusto e Rosalba, vislumbrando a vitória dessa última nas eleições de 2010, quando foi eleita governadora.
Da propina, R$ 300 mil vieram de recursos próprios do empresário e os demais R$ 850 mil através de empréstimos junto a agiotas (aos quais pagou juros até o início de 2011) e a uma empresa do próprio senador (R$ 150 mil). George Olímpio celebrou acordo de colaboração premiada.
Crimes – A Sinal Fechado teve origem em diligências realizadas pelo Ministério Público do Estado (MP/RN) a respeito de suspeitas de fraude e corrupção no Detran/RN. Um dos alvos foi a licitação da inspeção veicular. Na Justiça Estadual já tramita ação penal referente ao pagamento de propina para o grupo político que se encontrava no Governo do Estado na época da licitação e da celebração do contrato de inspeção, no ano de 2010.
A nova ação do MPF se refere ao repasse de vantagens indevidas ao grupo político que assumiu o governo a partir de 2011. Em sua delação, George explicou que a negociação “abrangia também um acordo mais amplo, voltado para o pagamento mensal de vantagens indevidas, em valor não especificado, a ser efetivado quando o serviço (…) começasse a ser prestado e remunerado”.
Na denúncia, o MPF pede a condenação de Carlos Augusto e José Bezerra Júnior por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e de Antônio Marcos por lavagem de dinheiro; além de requerer a reparação dos danos pelos acusados, no montante de R$ 1,15 milhão. Em relação a George Olímpio, pede-se a aplicação do benefício previsto em seu acordo de colaboração: o perdão judicial. O processo tramita na 2ª Vara Federal no Rio Grande do Norte sob o número 0804459-26.2018.4.05.8400.

Fonte: Blog do BG

Política de preços da gasolina é perversa, dizem donos de postos

Com a escalada dos preços dos combustíveis, a federação que reúne os donos de postos de gasolina decidiu expor publicamente insatisfação com a atual política de preços da Petrobras e a carga tributária.
Em carta divulgada nesta quarta (16), a Fecombustíveis (Federação do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes) diz que a política é perversa e que vem gerando dificuldades financeiras no setor de revenda.
Desde outubro de 2016, a Petrobras passou a acompanhar mais de perto a variação das cotações internacionais e do câmbio. No fim de junho de 2017, anunciou que os reajustes passariam a ser diários, para competir com a importação por terceiros.
Segundo a Fecombustíveis, entre 1º de julho de 2017 e 15 de maio de 2018, diz a entidade, a gasolina nas refinarias teve aumento de 42,25%.
Nas bombas, o aumento acumulado é de 21,28%, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis).
“A política de preços adotada pela Petrobras em suas refinarias está trazendo prejuízo para famílias e empresas brasileiras que dependem de um bem prioritário”, diz a Fecombustíveis.
Nas últimas semanas, com a escalada do petróleo e do câmbio, os reajustes têm se intensificado.
Entre o dia 30 de março e o dia 15 de abril, por exemplo, a alta da gasolina nas refinarias foi de 17%. No diesel, foram 20%.
A Petrobras alega que não tem poder de formação de preços e que não deixará de vender combustíveis abaixo das cotações internacionais, política que gerou perdas bilionárias durante os governos petistas.
A Fecombustíveis reconhece que a gestão da estatal tem melhorado suas contas e a atração de investidores, mas questiona o custo para o consumidor. “É injusto que o povo brasileiro, no meio de uma longa crise econômica, seja sacrificado para beneficiar uma única empresa que foi criada e se desenvolveu em cima do monopólio da indústria do petróleo.”
A entidade também critica a alta carga tributária, que representa cerca de 50% do custo final da gasolina. A alta de impostos foi responsável por cerca de 2/3 do aumento da gasolina desde julho de 2017.
“Caberia ao governo federal atuar com ferramentas cabíveis dentro da política energética para atenuar os efeitos das oscilações de preços dos combustíveis à sociedade, revendo a questão tributária”, diz o texto.

Fonte: Folha de São Paulo