domingo

Empresário agride lateral Apodi antes de treino da Chapecoense

O lateral-direito Apodi, atualmente na Chapecoense, foi agredido no final da tarde da última sexta-feira, 17, quando deixava a Arena Condá rumo ao CT Água Amarela, onde a Chape se reapresentou.
O jogador potiguar foi abordado pelo empresário Norberto Arruda. O homem desferiu socos e pontapés para cima do lateral direito da Chapecoense.
O motivo da agressão seria uma suposta dívida. O empresário aguardava Apodi na saída da Arena. Os dois começaram a conversar, e quando chegaram perto do carro do jogador, houve a agressão com socos no rosto.
Apodi treinou no CT, mas também foi até uma delegacia registrar boletim de ocorrência.
Norberto diz ser responsável pela ida de Apodi à Rússia em 2015, logo após o jogador deixar a Chapecoense - na ocasião, foi para o Kuban Krasnodar. O agressor disse ser um empresário de Curitiba e teria dinheiro a receber com a transação do atleta para o país europeu.

A Chapecoense emitiu o seguinte comunicado sobre o caso:

NOTA DE ESCLARECIMENTO:
A Associação Chapecoense de Futebol esclarece que o jogador Apodi foi agredido na saída da Arena Condá no início da tarde de hoje.
O jogador tomou as providências cabíveis logo após ocorrido. 
O Clube comunica em tempo que dará todo apoio necessário ao atleta.

Fonte: Josenias Freitas

Nenhum comentário: